22/07/2020 às 11h17min - Atualizada em 22/07/2020 às 11h17min

Caixa suspende contas do auxílio, mas pessoas podem pedir liberação com comprovação

MidiaMax
Reprodução, Agência Brasil
A Caixa Econômica Federal suspendeu milhares de contas poupança digital que foram criadas para ajudarem os beneficiários a receberem o auxílio emergencial de R$ 600, que é concedido pelo Governo Federal para ajudar os menos favorecidos durante a época de pandemia causada pelo novo coronavírus.

A informação foi trazida pelo presidente da Caixa, Pedro Guimarães em entrevista para o portal InfoMoney. De acordo com o executivo, os bloqueios foram motivados por conta da suspeita de fraudes. “Suspendemos centenas de milhares de contas sim, e nesse momento as pessoas podem pedir o desbloqueio”.

Pedro explica que o total de contas bloqueadas seria de cerca de 5% do total dos aprovados. Para quem teve a conta suspensa, o executivo detalha que as pessoas terão que comparecer a uma agência da Caixa e comprovar a sua identidade para assim, a conta poder voltar a ser movimentada.

“Quando a pessoa vai à agência e mostra que é ela mesma, nós liberamos rapidamente. Se ela não for, ficará sim bloqueado, porque essa questão de fraude nesse momento de pandemia é inaceitável”, frisou.

Na visão de Guimarães, os fraudes começaram logo no início dos cadastramentos do auxílio emergencial, que foi considerado o pico porque muitas pessoas não tinham celulares compatíveis e por isso, a Caixa permitiu que um celular alternativo abrisse mais de uma conta e isso desencadeou os inúmeros fraudes.

“Temos as provas de que a grande maioria foram utilizadas por hackers. Mas algumas pessoas são pessoas honestas que foram penalizadas”. Pedro ainda acrescentou que os responsáveis já teriam sido identificados e “serão penalizados”.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »