24/06/2020 às 09h33min - Atualizada em 24/06/2020 às 09h33min

Naviraí - Polícia Civil prende dois indivíduos mantendo cocaína avaliada em cerca de 140 mil reais em casa

TaNaMidiaNaviraí
A cocaína está avaliada entre 100 a 140 mil reais.(Fotos:Divulgação/Polícia Civil)
Investigadores do SIG (Seção de Investigações Gerais) do 1ª DP (Delegacia de Polícia Civil) de Naviraí realizaram apreensão de drogas que estavam sendo armazenada em residência localizada na Rua Geremias Zuca, Bairro Jardim Progresso. Dois indivíduos de 20 e 21 anos foram presos.

No local foram encontradas 2,858kg de cocaína, 01 porção de Skunk pesando 21,8 gramas e 01 porção de maconha pesando 23,6 gramas. Balanças de precisão e plásticos adesivos com vestígios também localizados no imóvel sugerem que as drogas eram preparadas para a venda no local.

A cocaína está avaliada entre 100 a 140 mil reais.

Além da droga, foram recuperados objetos proveitos de furtos ocorridos na cidade - 01 VIDEOGAME PS4 com dois controles; 01  Notebook LENOVO e 01 notebook DELL - além de outros de origem suspeita: 02  TV’s AOC 43”, 01 VIDEOGAME XBOX ONE com 02  controles, 01 conjunto de corrente e brinco, 01 tablete GENESIS; 01 headfone PHOINIKAS; 03 jogos de XBOX ONE, 01 PLACA DE VÍDEO e 01 Pistola airsoft. Tais objetos deverão ter a origem comprovada pelos investigados para restituição, sendo objeto de pesquisa para verificação se também não se tratam de produtos de crime (furto, roubo, receptação..)

Os policiais civis também apreenderam quatro veículos que estavam na casa, que seriam de propriedade dos investigados, sendo três motos e um automóvel, que serão submetidos à perícia e, se demonstrado que foram adquiridos como proveito do tráfico de drogas poderão ser perdidos em favor do Estado.

Diante da situação de flagrante, os dois indivíduos foram autuados, sem fiança, pelo delegado de polícia pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e receptação.

A ação foi realizada pela Polícia Civil no âmbito da Operação Hórus desenvolvida pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio do Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras – o VIGIA.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »