segov

Rota Bioceânica será crucial para a expansão de mercado, diz secretário Paraguaio

A cooperação entre o estado de Mato Grosso do Sul e Paraguai deve ficar mais forte ainda

Por Rádio Ativa Naviraí em 27/05/2022 às 10:16:11
A melhora na logística é o principal ponto de impacto em relação à Rota Bioceânica - Marcelo Victor

A melhora na logística é o principal ponto de impacto em relação à Rota Bioceânica - Marcelo Victor

Nesta quinta-feira (26), durante o 1° Fórum de Integração dos Municípios do Corredor Bioceânico, o secretário de Indústria e Comércio do Paraguai, Thiago Catelan, afirmou que a consolidação da Rota Bioceânica irá exercer um papel crucial na logística comercial entre as regiões fronteiriças e outras localidades.

"Hoje a logística manda no mundo, não é nem o preço do produto, a logística é responsável pelo fechamento de negócios. Então, às vezes não se fecha um negócio apenas por falta de logística", pontuou o secretário.

A melhora na logística é o principal ponto de impacto em relação à Rota Bioceânica. A partir dela, serão fortalecidas, também, a união entre os municípios por onde vai passar a rodovia.

"Vamos unir forças políticas, empresariais e fazer acontecer, tirar do papel esse grande projeto", disse Thiago Catelan.

Além disso, a logística vai além da facilidade na entrada e saída de mercadorias. "O Paraguai é um grande polo comercial de tecnologia e dentre outros muitos produtos", disse Thiago.

O secretário de Turismo do Paraguai, Marcelo Ojeda, também destacou, durante o evento, que o país espera conseguir acabar com a "fama" de que o Paraguai é perigoso em razão da violência, principalmente na região fronteiriça.

A região de Marcelo, Salto del Paraguai, é uma localidade bastante tranquila, conforme explicado pelo mesmo.

Saiba

O 1° Fórum de Integração dos Municípios do Corredor Bioceânico acontece ao longo de todo o dia desta quinta-feira (26), na Assembleia Legislativa de Campo Grande, prestigiando, por fim, o Festival América do Sul, em Corumbá.

Conforme divulgado, o evento visa discutir as oportunidades da rota bioceânica. Desse modo, o fórum está sendo um espaço de discussão e definição de negócios em diferentes setores da economia.

Entre os benefícios da Rota Bioceânica está a implantação do corredor que irá encurtar a distância para o Oceano Pacífico, estando mais próximo dos mercados asiáticos.

O evento conta com a presença do ministro das Relações Exteriores, Carlos Alberto Franco França, e do ministro do Turismo, Carlos Alberto Gomes de Brito, além de autoridades de outros estados e países da América do Sul.

Ao longo do fórum, que acaba na sexta (27), haverá palestras, painéis de debates, mesas redondas e assinatura de convênios.

Fonte: Correio do Estado

Comunicar erro

Comentários