17/09/2020 às 10h55min - Atualizada em 17/09/2020 às 10h55min

Chuva esperada para domingo deve afastar cortina de fumaça em Campo Grande, segundo Inmet

Chuva deve chegar amanhã para parte do Estado e na Capital, somente no domingo

MidiaMax
Campo Grande amanheceu com cortina de fumaça. Imagem: Henrique Arakaki
 

A Capital de Mato Grosso do Sul tem amanhecido com dias cinzas, encobertos por uma intensa cortina de fumaça, resultado das queimadas em todo o Estado. Essa situação só deve melhorar com a chegada da chuva, prevista para o próximo domingo (20), em Campo Grande, de acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

Além das queimadas que atingem vários municípios do interior do Estado, Campo Grande também tem registrado altos números de incêndio em terrenos baldios e áreas de vegetação, que se propaga rapidamente devido aos ventos, tempo seco e quente.

Céu amanhece cinza em Campo Grande |

Céu amanhece cinza em Campo Grande |

imagem: Henrique Arakaki
 

Para essa situação melhorar, só com a chegada da chuva, que pode reduzir os números de queimadas em MS, dizem os meteorologistas. “A temperatura diminui e umidade aumenta neste período. Junto com a chuva, pode auxiliar para diminuir as queimadas”, destacou o Inmet.

No entanto, a chuva não vem para todo o Estado. Nesta sexta-feira (18), já começam a se formar áreas de instabilidade, com chuva prevista para a região sul. Ela deve vir aos poucos e chega em Campo Grande, de acordo com a previsão, no domingo (20) e ficando com acumulados maiores até dia 22, terça-feira.

Nestes dias, a chuva deve atingir praticamente todo o Estado, com exceção da região sudoeste.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »