27/08/2020 às 08h47min - Atualizada em 27/08/2020 às 08h47min

Criança tenta pegar Toddynho e tem as mãos queimadas pela mãe

O pai da menina, foi quem denunciou o crime. Caso agora é apurado pela Polícia Civil

Campo Grande News
ilustração
Uma mulher de 22 anos é investigada por esquentar um garfo e queimar as duas mãos da filha de 5 anos, em Dourados – cidade a 226 quilômetros de Campo Grande. A criança contou que foi “castigada” pela mãe por tentar pegar um Toddynho na geladeira. O pai da menina, de 25 anos, foi quem denunciou o crime.

O rapaz contou à polícia que foi casado com a mulher por dois anos e que depois da separação, a guarda da filha ficou com ela. Nos fins de semana, no entanto, ele costumava visitar a criança.

Há duas semana, uma dessas visitas de fim de semana foi desmarcada pela ex-mulher por conta de uma suposta viagem. Na mesma época, contou, a atual mulher precisou comprar uma coberta e decidiu fazer isso com a mãe da enteada, que é comerciante. Por isso foi a casa da família e encontrou a criança com as mãos enfaixadas.

Assim que chegou em casa, relatou o que viu para o marido, que imediatamente foi ver a filha para descobrir o que havia acontecido. A mulher afirmou ao ex-marido que a menina tinha colocado a mão da brasa de uma churrasqueira, mas foi desmentida pela própria vítima.

Para o pai, a menina explicou que tentou pega um Todynho na geladeira, mas foi impedida. Como castigo, a mãe esquentou um garfo e queimou suas mãos. Para a polícia, o homem detalhou que o irmão da filha também estava com as mãos enfaixadas e que diante da situação, levou a menina para morar com ele.

O homem ainda relevou que não é a primeira vez que denuncia a ex-mulher por maus-tratos e por isso pretende pedir a guarda da filha na justiça. Apesar de antigo, o caso só foi registrado na Polícia Civil nesta quarta-feira e agora será investigado. 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »