10/01/2020 às 10h22min - Atualizada em 10/01/2020 às 10h22min

Menina de 12 anos pede socorro na rua e padastro é preso por estupro

Homem teria deitado sem roupa em cima da menina; ela conseguiu correr e pediu socorro na rua

Campo Grande News
Homem de 36 anos foi preso e levado para a Deam, em Campo Grande (Foto/Arquivo)
Empacotador de 36 anos foi preso na tarde de ontem (9) suspeito de estupro de vulnerável contra a enteada, de 12 anos, em Campo Grande. A vítima conseguiu correr e pediu socorro na rua.

Conforme informações do boletim de ocorrência, a vítima relatou à polícia que estava deitada mexendo no celular, quando o padastro tirou a roupa e deitou sobre ela, tentando manter relação sexual. A menina conseguiu se desvencilhar do homem e correu para a rua.

Uma testemunha passava pelo local e encontrou a vítima chorando. Ela contou o que havia acontecido e a mulher acionou a Polícia Militar.

O suspeito foi encontrado em casa e negou o crime. À polícia, ele relatou que pegou o celular da mão da enteada e arremessou contra o chão porque a menina passava muito tempo usando o aparelho, mas negou que tivesse deitado em cima da menina sem roupa.

A mãe da vítima contou que o marido trabalha no período da tarde e não sabe o motivo dele ter ficado na casa. Eles estavam casados há sete anos. 

O caso foi registrado como estupro de vulnerável e o homem encaminhado à Deam (Deleagcia Especializada em Atendimento à Mulher).
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »